Páginas

sábado, dezembro 09, 2006

espelho


na minha alma
vi ontem por onde andavas

andavas calmo
em passos sombrios

não estavas enfim
com olhos em mim

na minha alma
ontem vi os teus olhos grandes

mansos de paixão
tentados de desejo

tu habitas o que queres
e eu nem posso te expulsar

A ti pertece
tudo o que eu nem posso

Nem sei como
um apontar

Na minha alma
tu jas como espelho

e tu mostras
misteriosamente tudo

o que esconde meus sorrisos
e controi meu olhar...

Um comentário:

Markitcho disse...

Olááááá Keth!!!
Passei aki te perguntar se eu posso adicionar vc nos favoritos do meu blog...
Me adiciona tbm... Bjaçooooo