Páginas

terça-feira, setembro 27, 2011

aSsInAdO: EU


Esqueci de te dizer
mas rabisquei totalmente seu coração
sim... com aquela cara de menina travessa.

Levei uma caneta colorida
com cheiro de bala de morango
e saí fazendo rabiscos

Todos no seu coração
tudo para você aprender
a nunca mais me dizer "não"!

Fiz nuvens e florzinhas
e até um anjo com asinhas
agora são minhas marquinhas

Você pode vir aqui e me castigar
mas no fundo...
só o que vai conseguir é me abraçar...

Estou escrevendo agora
porque quando escrevi "te amo"
esqueci de escrever:
Assindado: EU

Eu não podia deixar
tanto amor e tantos rabiscos
nesse anonimato.

Kethlene Vanzeler

quinta-feira, setembro 22, 2011

Te perdi


Eu te perdi
mas nosso amor ficou em algum lugar
nosso amor ficou em cartas
ficou gravado em histórias de amor
que hoje em dia não contamos a ninguém

Eu te perdi
em momentos que nem percebi
e fui perdendo... perdendo
até que apenas dissemos adeus...

Eu te perdi
mas você continua nos porta-retratos
e seu rosto ainda continua gravado
no mais profundo da minha alma

Eu te perdi
e nosso amor é uma daquelas histórias
que se chora só de ouvir...
talvez seja por isso que não contemos a ninguém...
talvez seja por isso que tenhamos encontrado alguém...

Eu te perdi...
perdi teus beijos, teu peito... tuas declarações, teu aconchego
mas continua sendo todo meu
o teu coração, mesmo que eu nunca te peça perdão.

Kethlene Vanzeler

sábado, setembro 17, 2011

Angel's Love

If I loved an angel
he could visit me anytime
no matter the distance ...
there was no reason not to have it ...

If I loved an angel
he would come every night
with much love and care
spend hours putting their fingers through my hair

If I loved an angel
I know he would never go away
without delay and would
every time I was in danger

If I loved an angel
it would be my
the sky and the stars
and all the kisses he gave me

If I loved an angel ...
does he love me?

How many angels out there no longer love me?
how many angels out there
I no longer take every second
thoughts?

sexta-feira, setembro 16, 2011

Amor de anjo


Se eu amasse um anjo
ele poderia me visitar a qualquer momento
não haveria distância...
não haveria razões para não tê-lo...

Se eu amasse um anjo
ele viria todas as noites
com muito amor e zelo
passar horas colocando os dedos entre meus cabelos

Se eu amasse um anjo
eu sei que ele nunca iria embora
e viria sem demora
toda vez que eu estivesse em perigo

Se eu amasse um anjo
tudo seria meu
o céu e as estrelas
e todos os beijos que ele me deu

Se eu amasse um anjo...
será que ele também me amaria?

Quantos anjos por ai já não me amam?
quantos anjos por ai
já não me levam a cada segundo
nos pensamentos?

Kethlene Vanzeler

sábado, setembro 10, 2011

Eis duas coisas que não dependem da nossa vontade receber: amor e tempo.

terça-feira, setembro 06, 2011

Desejo

Por onde quer que você andar...
apenas não esqueça de voltar...

quando a saudade bater
e o peito doer
basta apenas discar
basta apenas me chamar

quando o dia amanhecer
e você sentir que está prestes a enlouquecer
telefone para me dizer
que simplesmente não consegue me esquecer...

quando a noite cair
e o sol for dormir
não esqueça que eu moro aqui
bem perto dos seus sonhos

e pelo menos na hora de dormir
volta pra mim...
que eu estarei te esperando
com o mesmo desejo...

então...

lembre-se!

por onde quer que você andar
apenas não esqueça de voltar...
apenas nunca deixe de me amar!

sexta-feira, setembro 02, 2011

Continua


Continua existindo aquele sorriso doce
que costumava ficar escondido entre olhares roubados

Continua fria aquela mão
que nervosa tinha medo do seu toque

e aquela face que ruborizava
cada vez que você passava

porque tudo aquilo era e sempre foi amor...

amor de menina...

mesmo por detrás das cortinas
continua existindo aquela esperança...
aquele amor de criança
que sempre espera...

continua existindo aquela vontade de colo
e não há nenhum lugar no mundo que consiga ser melhor do que o teu...

teu ombro se acostumou a ser do meu...
o seu cheiro passou a fazer parte de mais alguém: eu...


Kethlene Vanzeler