Páginas

sexta-feira, agosto 31, 2007

Desencontros


duas folhas nasceram na mesma árvore
as mesmas folhas foram levadas pelo vento
[separação terrível]


duas pedras no fundo do mesmo lago
uma delas foi retirada pelo garimpeiro
[duas lágrimas de pedra]

duas flores cresceram no mesmo galho
e apenas uma foi colhida...
[as duas ficaram sem perfume]

duas...
agora talvez uma
ou separadas
são nenhuma...

Duas almas que nasceram pra ser só uma
se assistem ir embora...

E logo ali
um anjo observa
com lágrimas rolando...
um adeus que foi criado pelo tempo
... que não foi traçado...

Nenhum comentário: